Automatica

2014

Nise da Silveira: caminhos de uma psiquiatra rebelde

nise_site1

TA�tulo do projeto

Nise da Silveira:

caminhos de uma

psiquiatra rebelde

autor

Luiz Carlos Mello

coordenaA�A?o editorial

Marisa Mello

DESIGN GRA?FICO

SA?nia Barreto

REVISA?O DE TEXTOS

Duda Costa

APOIO

HA?los Consultores Associados

ImpressA?o

Ipsis

COMPRE AQUI

AtravA�s de uma linguagem clara e concisa, esta biografia ilustrada de Nise da Silveira documenta a extraordinA?ria vida da psiquiatra brasileira realizadora de uma obra que, no gA?nero, se inscreve entre uma das mais importantes do mundo.Neste volume o leitor tem uma ampla visA?o da trajetA?ria de sua vida, desde a infA?ncia em Alagoas atA� a morte no Rio de Janeiro em 1999, aos 94 anos de idade.

ApA?s ter sido presa por dois anos durante a ditadura Vargas, ela contestou e colaborou para a transformaA�A?o dos paradigmas da psiquiatria, criando instituiA�A�es inovadoras como a Casa das Palmeiras, primeiro espaA�o terapA?utico em regime de externato, que tornou-se referA?ncia para os atuais Centros de AtenA�A?o Psicossocial do Brasil e o Museu de Imagens do Inconsciente, um espaA�o de estudos e pesquisas que extrapolou a A?rea das ciA?ncias, destacando-se tambA�m no mundo das artes visuais.

O autor, que conviveu com ela em seus A?ltimos 26 anos, cria um roteiro cujo fio condutor A� a fala da prA?pria Nise, atravA�s de textos retirados de anotaA�A�es pessoais, entrevistas e depoimentos em diversas formas de mA�dia, conferindo A� narraA�A?o um tom coloquial.

Soma-se a isso fotografias, documentos, correspondA?ncias, manuscritos, sonhos e pensamentos que lanA�am luz nos principais acontecimentos que construA�ramA� sua histA?ria. As pesquisas por elas desenvolvidas e os conhecimentos geradosA� sA?o acompanhados por uma seleA�A?o de obras do acervo do Museu de Imagens do Inconsciente que foram decisivas na realizaA�A?o de sua obra, reunindo significaA�A?o simbA?lica e beleza estA�tica.

A fotobografia baseou-se amplamente em documentos do arquivo Pessoal Nise da Silveira, que acaba de ser contemplado pelo Programa MemA?ria do Mundo da UNESCO e incluA�do no Registro Nacional do Programa, que procura identificar conjuntos documentais que tenham valor de patrimA?nio documental da humanidade.

Nise da Silveira (* 1905/ + 1999) foi psiquiatra. Em 1946 fundou o ServiA�o de TerapA?utica Ocupacional no Centro PsiquiA?trico Pedro II, no Rio de Janeiro. Em 1952, criou ali o Museu de Imagens do Inconsciente, um centro de estudo e de pesquisa que reA?ne obras produzidas nos ateliA?s de atividades expressivas (pintura e modelagem). Alguns anos mais tarde, em 1956, a Dra. Nise, juntamente com um grupo de pessoas animadas pelas mesmas idA�ias, daria vida a mais um projeto: a criaA�A?o da Casa das Palmeiras, uma clA�nica destinada ao tratamento de egressos de instituiA�A�es psiquiA?tricas, onde atividades expressivas sA?o realizadas livremente, em regime de externato. Nise da Silveira tambA�m foi responsA?vel pela formaA�A?o do Grupo de Estudos C. G. Jung.

Suas pesquisas deram origem, ao longo dos anos, a exposiA�A�es, filmes, documentA?rios, audiovisuais, simpA?sios, publicaA�A�es, conferA?ncias e cursos, tanto sobre terapA?utica ocupacional quanto sobre a importA?ncia das imagens do inconsciente na compreensA?o do mundo interno do esquizofrA?nico. Como reconhecimento da importA?ncia de sua obra, a Dra. Nise tem recebido condecoraA�A�es, tA�tulos e prA?mios em diferentes A?reas do conhecimento: saA?de, educaA�A?o, arte e literatura. Seu trabalho e seus princA�pios inspiraram a criaA�A?o de museus, centros culturais e instituiA�A�es psiquiA?tricas no Brasil e no exterior. Por meio de seu trabalho introduziu a psicologia junguiana no Brasil.